domingo, 6 de abril de 2008

Aquele doce que ela faz.


Porque você me criou em seus seios e me afagou com seus olhos desde o dia em que nasci. E todos os dias me ensinava duas dúzias de coisas bonitas e cantava canções pra eu poder dormir feito anjo. Porque você me chamava de “meu anjo” e me dava lápis de cor de todas as cores pra eu poder pintar meus sonhos.

E porque você tem esse jeito bravo, mas um coração esplêndido e uma alma ímpar que me inspira e muito me causa admiração. Porque você também sabe falar macio e tem palavras doces pros meus dias nublados.

E sendo assim: minha mãe de todas as horas, grita meu nome do outro lado do mundo e eu posso ouvi-la sussurrando ao meu ouvido. Porque suas palavras ficam tilintando no meu espírito feito mantra; e são palavras que gosto de carregar, porque são parte de você.

Porque eu vi seus olhos se encherem d água quando fui embora de casa em um carro abarrotado de malas. Porque sua despedida doeu meu coração e o partiu em dois pedaços; deixei uma parte com você. Na verdade, você também me entregou um pedaço do seu e a permuta até que não ficou ruim.

Porque você foi feita por Deus num dia chuvoso, quando Ele regou sua alma de virtudes e lhe deu um sorriso assim bonito do qual tenho saudade. E esse seu perfume que você traz no corpo todo, é o perfume que não esqueço porque já ficou entranhado nos meus poros. É a minha forma, a minha desculpa de mantê-la sempre perto de mim.

Porque hoje é seu aniversário. Mas eu não escrevo porque você precisa de uma homenagem, mas para que você saiba dessas coisas que carrego comigo e que são suas também. E porque você é como uma escultura de ouro ornada e separada em um pedestal. É que eu quero me lembrar de você sempre assim: bonita na sua pose de deusa antiga.

E também por todas as outras coisas que não consigo dizer porque estou cheio demais e palavras não me vêem. Mas você sempre será essa cujo silêncio traz vida ao meu corpo. Sempre será essa com quem falo ao telefone e, dois minutos depois de desligar, já sinto saudade.

Porque você me ensinou sobre as cores e isso faz todo sentido pra mim. Porque você mora tão longe, mas seu retrato está cravado na minha pele de forma que só me desfaço dele se eu me desfigurar. Porque você é mãe sem igual e eu lhe predigo muitos anos de felicidade.




"Aquele doce que ela faz
quem mais saberia fazê-lo?

Tentam. Insistem, caprichando.
Mandam vir o leite mais nobre.
Ovos de qualidade são os mesmos,
manteiga, a mesma,
iguais açúcar e canela.
É tudo igual. As mãos (as mães?)
são diferentes."

Carlos Drummond de Andrade.

25 comentários:

Ana Laura disse...

Me emocionei. Muito lindo o seu amor pela sua mãe!

Parabéns a ela.

Beijo.

frambis disse...

E porque aposto que sua mãe tem uma bondade tão bonita quanto a sua...


flores a ela

bruna.k disse...

Amor incondicional - amor de mãe!

Parabéns pelo lindo texto! E parabéns pra tua mãe!

Beijos

imnotinsane disse...

O melhor...
Melhor discriçao de amor de mae para com o filho...
Muito bom :)
***

Parabéns a ela :D

Akinogal disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
disse...

mães! sempre especias. A sua deve ter orgulho d ter um filho q escreve tão bem.

=)

Mr. Ziggy disse...

Não tem como não se emocionar. Continue honrando sua mãe, pois tenho certeza que Deus se alegra com isso... e ela merece mesmo, por ter criado um filho tão precioso que é você. Que Deus os abençoe! E viva o amor!

Dominique disse...

Amor de mãe é algo capaz de abarcar o mundo... mas quando um filho sabe amar assim não tem mãe que não se renda e agradeça a Deus pelo filho que tem.

Parabéns a sua mãe pelo aniversário dela!
E parabéns a você por demonstrar toda admiração e amor de uma forma tão bonita quanto neste texto!

Um abração, Filipe! E boa semana!

Nathalia Alves Vanderlei disse...

O aniversário da minha mãe, está bem próximo tbm.

Lindo texto, Filipe.
Um sentimento é, às vezes, tão difícil de ser descrito.
E você o consegue com mestria!

Beijos

Juliana Caribé disse...

Emocionada aqui...
É difícil encontrar palavras... E, por agora, não quero entrar nos detalhes do que sinto.
MAs saiba que está lindo! E sua mãe deve estar muito feliz.

Beijos.

Proibida disse...

Lindo, doce é sua alma. Eu fico impressionada com tanta graciosidade. Sua mãe com certeza deve se orgulhar muito de você, porque até eu já me orgulho. =D

Parabéns a ela!

Beijo

Priscila Petrarca disse...

Texto comovente, achei lindo! Acho que não tem coisa melhor do que expressar o que sentimos por quem se ama, ainda mais quando trata-se de nossa mãe. Adorei.
beijão

[ps. post novo lá no meu :*]

a clara menina Clara disse...

você é poesia do início ao fim, é incrível.


beijo!

Amanda Bia disse...

que homenagem linda! ela chegou a ler isso? aposto que ficaria muito feliz se soubesse tudo isso!
parabéns para tua mamy!
beijos!

Ana Cláudia Zumpano disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ana Cláudia Zumpano disse...

Não há como não se emocionar diante dessas palavras... Mãe, elas sabem muito bem preencher algo aqui dentro, q é só delas, e mesmo que as vezes nos vemos fartos de tanto cuidado, não há amor igual, e um dia aprendemos isso!
lindo! muito lindo!
bjos ;*

Diário de uma Boneka disse...

Lindo blog!
Tbm voltarei para ler-te mais vezes.
Abraços!

Lucas disse...

muito legal, filipe... Deus abençoe a vcs dois
Abraços

Rose disse...

Parabéns a você que escreveu tão bem para ela que também está de parabéns!!!
Lindo mesmo!

Ah doces mães...
beijo

alex e! disse...

...e porque essa mãe deu à luz a esse filho que lhe devolve o brilho de um big ben criador, voces dois realmente fazem desse amor mútuo uma explosão de cores que enchem os olhos de quem vê. Liiiindo texto - de (vi)ver!!! - Filipe. E termninar com Drummond é o tiro de misericórdia no coração dos mais insensíveis... abraço...

Aline disse...

Ter um filho como você, é um privilégio de poucas mães.
Que Deus continue te abençoando cada dia mais e que você continue sendo sempre esse menino tão especial!!
Você é um dos grandes presentes que Deus me deu.Amo você

Beijos de sua mãe

Gabriela disse...

Aquela doce que ela faz derrete muita gentee
;)

:: Daniel :: disse...

Filipe,

Esse texto, em especial, me tocou muito.

[Suspiro]

Daniel

Jaya disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Cassia Portugal disse...

Filipe, vc que tem o nome do meu filho e um coração que se derrama em versos tão bonitos, me encheu os olhos dágua porque eu, mãe de um outro Felipe, me senti como se o ouvisse e isso afagou meu coração.

Que benção o dom de suas palavras! E é impressionante como vc, ainda tão jovem, já consegue enxergar a vida com tantas nuanças e tanta delicadeza !!!

Que você sempre e sempre possa derramar estas 'canções' com o qual você nos presenteia neste seu blog.

Quero sempre te ler.
E compartilho com vc minha humilde forma de me derramar em letras tb...

www.cassiaportugal.com.br
http://cassiaportugalpoeta.blogspot.com/

Abrs.

Cassia Portugal